O programa

Criado pelo Governo do Estado, por meio da Lei n° 9.366/2009, o programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport), tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício. 

De acordo com a legislação vigente, podem participar do processo de seleção do programa os atletas nascidos e residentes no Espírito Santo há, no mínimo, dois anos, bem como os atletas não nascidos no Espírito Santo, mas que competem pelo estado, e tenham residência comprovada de, no mínimo, cinco anos no Estado. 

O recurso financeiro mensal ofertado aos atletas deve ser utilizado para cobrir gastos com alimentação, assistência médica, odontológica, psicológica, nutricional e fisioterápica, medicamentos, suplementos alimentares, transporte urbano ou para participar de treinamentos e competições, aquisição de material esportivo, vestimenta, pagamentos de técnicos e pagamento de mensalidades de academia de ginástica credenciada pelo Conselho Regional de Educação Física. 

O edital de 2021 prevê 140 bolsas para esportistas aptos a participarem do programa, um investimento de R$ 2,2 milhões feito pela Sesport. 

Atualmente, o Bolsa Atleta é dividido em quatro categorias e o benefício mensal é repassado aos contemplados da seguinte forma: R$ 500 (categoria estudantil), R$ 1500 (categoria nacional), R$ 2 mil (categoria internacional) e R$ 4 mil (categoria olímpico).

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard